Pornanong Phatlum é a campeã do LPGA Brasil Cup 2012

Em sua primeira visita ao Brasil, a tailandesa Pornanong Phatlum foi a campeã da quarta edição do LPGA Brasil Cup 2012, apresentado por HSBC, encerrado neste domingo (6/5), no Itanhangá Golf Club (RJ). Este foi o primeiro título no LPGA na carreira da golfista. A competição, na modalidade stroke play, 36 buracos, reuniu 30 atletas de 15 países durante dois dias e distribuiu uma premiação total de US$ 720 mil. Com 133 tacadas, Pornanong recebeu, pelo título, US$ 108 mil.

A golfista tailandesa tem na bagagem quatro vitórias na Ásia. No ano passado ela foi a campeã do Hitachi Ladies Classic, etapa do circuito internacional.

“Meu irmão (Pornpong Phatlum), que é também profissional, foi meu cadie e me ajudou a ler os greens. Foi um apoio fundamental. De vez em quando, sou cadie para ele. Estou muito feliz pela forma como joguei e por ter vindo ao Brasil”, ressaltou Pornanong, que disse ainda qual foi a sua maior dificuldade no jogo. “O campo é estreito, e o buraco 16, par 3, foi o mais difícil”.

Uma das estrelas desta quarta edição do LPGA Brasil Cup, a norte-americana Paula Creamer, dividiu a terceira colocação com a sul-coreana Chella Choi, com 138 tacadas. Décima colocada do ranking mundial, Paula destacou a importância das dicas sobre o campo que recebeu da capitã do Itanhangá, Maya Brasil, com quem jogou no Pro-AM – torneio que antecedeu a competição.

“Acho que joguei bem. Hoje fiz alguns birdies (uma tacada abaixo do par do buraco), e ontem outros bogies (uma tacada acima do par do buraco). Pensei que poderia vencer, mas não deu. Gostei muito de jogar no Rio, e espero voltar nas Olimpíadas de 2016”.

Neste segundo dia de competição, Amy Hung, da China Taipé, conseguiu se superar, e terminou na segunda posição, com 137 tacadas. Outra estrela deste LPGA Brasil Cup, a norueguesa Suzann Pettersen, terceira do ranking mundial, não conseguiu um bom resultado. Depois de completar o primeiro dia na quarta colocação, ela terminou em décimo lugar com 141 tacadas. A colombiana Mariajo Uribe, campeã em 2011, ficou em 24º lugar, com 148 tacadas.

BRASILEIRAS NÃO TÊM UM BOM DIA

Com sete tacadas acima do par do campo, Ângela Park foi a brasileira mais bem colocada na competição em sua volta aos campos após um ano e meio de afastamento. Ângela, agora, não joga mais este ano. Pretende permanecer apenas treinando nos Estados Unidos.

“Não fui muito bem hoje, principalmente, no drive. Tenho muito que praticar para melhorar tudo, mas nunca vou me arrepender de ter voltado e espero estar representando o Brasil nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio. Seria muito importante e uma grande honra”.

Victoria Alimonda terminou a competição com dez tacadas acima. Agora, ela seguirá para a Colômbia, onde mora, e permanecerá treinando nos próximos 15 dias. No dia 29 de maio, será seu próximo compromisso: o qualifying do US Women´s Open. Depois disso, ela terá competições até o mês de setembro.

“Hoje foi um dia difícil. Tive algumas dificuldades no início da volta. Tentei de tudo para cair bem nos greens, mas não consegui. Apesar disso, me senti muito honrada de ter jogado aqui e contar com o carinho do povo brasileiro. Meu objetivo é trabalhar bastante para retornar ao ranking da LPGA no ano que vem, ou em 2014”.

Mais experiente entre as três representantes do Brasil, Luciana Bemvenuti terminou a competição com 16 tacadas acima.

“É sempre gostoso estar em casa com os amigos, rever os companheiros do golfe, todo o pessoal com quem eu cresci na categoria júnior. Joguei alguns buracos muito bem hoje, mas posso bater melhor na bola”, admitiu a golfista.

O HSBC apresenta o LPGA Brasil Cup 2012, que é patrocinado pelo HSBC, Nextel, Takeda Nycomed, SporTV e Governo do Estado do Rio de Janeiro. Rolex é o relógio oficial; a Nespresso, o café do torneio; Chandon, espumante oficial, e a Mitsubishi, o carro oficial. O LPGA Brasil Cup conta com recursos da Lei Federal de Incentivo ao Esporte. A realização é da Confederação Brasileira de Golfe e da IMX. As rádios oficiais são a SulAmerica Paradiso FM e Mix FM.

CAMPEÃS
2012 – Pornanong Phatlum (Tailândia)
2011 – Mariajo Uribe (Colômbia).
2010 – Meaghan Francella (Estados Unidos)
2009 – Catriona Matthew (Escócia)

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s